Skip to main content
DONATE
All Posts By

Ana Paula Mendes

Divulgação Visita da Equipe Técnica do FSA Caixa ao Corredor de Biodiversidade do Araguaia

By CAIXA

Com o objetivo de promover a parceria da Black Jaguar Foundation com o FSA Caixa, a equipe de Comunicação da Black Jaguar Foundation produziu materiais sobre a visita técnica realizada no final de novembro ao Corredor de Biodiversidade do Araguaia.

Preparamos uma publicação em nosso site, na seção “News” (que pode ser acessada neste link) e divulgamos por meio de nossa newsletter mensal e também em nossas redes sociais. Confira:

Newsletter:

Redes Sociais:

Também aproveitamos a oportunidade para divulgar o vídeo produzido pela CAIXA e que foi destaque nas redes sociais da instituição:

Total da Meta 1.1.1 alcançado: 48,65% (Reprogramação 2)

As ações de mobilização comunitária, restauração e manutenção de áreas degradadas na região de Santana do Araguaia (PA) e Caseara (TO) fazem parte do programa Caixa Florestas, e são financiadas pelo Fundo Socioambiental CAIXA.

Atividades da equipe de parcerias de articulação em fevereiro

By CAIXA

As atividades se concentraram em:

  1. Planejamento e Validação de Campo: períodos 01 e 02 de fevereiro, 05 a 09 de fevereiro e 15 e 16 de fevereiro.
  • Apresentação e Engajamento em novos parceiros: o Analista de Validação e Parcerias Rurais apresentou o relatório de validação em nova propriedade parceira. O interesse demonstrado na restauração total da propriedade abre caminho para a prospecção e início do projeto.
  1. Visitas de novas parcerias para a realização do Corredor de Biodiversidade do Araguaia: em 01 de fevereiro, visita da equipe De Heus Nutrição Animal.
  2. Reuniões com instâncias governamentais e outras partes interessadas:
  • 22 de fevereiro: Reunião com o secretário de meio ambiente de Santana do Araguaia, Cleiton Carveli.
  • 23 de fevereiro: Reunião com a assistente técnica do GIZ, Simone Tachashida, responsável pela articulação do projeto FIP Paisagens Rurais.
  1. Mobilização da Comunidade: em 02 de fevereiro, confraternização entre produtores rurais e órgãos municipais.

Resultados e Próximos Passos:

  • Validação de campo: Confirmado que algumas áreas de uma das propriedades já se encontram totalmente restauradas, enquanto outras áreas desta e da segunda propriedade analisada necessitam de intervenção.
  • Reuniões: Alinhamento dos ajustes finais para alocação da placa da Caixa em Santana do Araguaia e Caseara e retomada das conversas para iniciar as atividades do projeto FIP Paisagens Rurais.

Total da Meta 1.2 alcançado: 39,12% (Reprogramação 2)

As ações de mobilização comunitária, restauração e manutenção de áreas degradadas na região de Santana do Araguaia (PA) e Caseara (TO) fazem parte do programa Caixa Florestas, e são financiadas pelo Fundo Socioambiental CAIXA.

Produção de mudas no viveiro florestal em fevereiro

By CAIXA

Em fevereiro, as atividades da equipe do viveiro florestal se concentraram em:

  • Produção de mudas:
    • Roçada e organização do viveiro;
    • Capina e limpeza da casa de sombra;
    • Contagem de mudas e organização por lote;
    • Expedição de mudas para a equipe de campo e Fazenda Vale Verde;
    • Beneficiamento e semeadura de sementes.
  • Manutenção do viveiro:
    • Limpeza e troca da areia nos calhetões de germinação;
    • Recolhimento de bandejas e tubetes vazios;
    • Manutenção da motobomba.
  • Treinamentos e reuniões:
    • Treinamento para Analista de Produção de Mudas;
    • Reunião com a SEMMA;
    • Alinhamento de equipe;
    • Reunião com equipe Plantfort sobre a construção da nova casa de sombra.
  • Outras atividades:
    • Descarte de lixo no aterro sanitário;
    • Chegada da equipe de campo da Plantfort, que realizará a reconstrução das estruturas danificadas na tempestade de outubro de 2023;
    • Descarregamento de materiais para a construção da nova casa de sombra;
    • Curso de capacitação para coletores de sementes.

Total da Atividade 2.2.5 alcançado: 35,28% (Reprogramação 2)

As ações de mobilização comunitária, restauração e manutenção de áreas degradadas na região de Santana do Araguaia (PA) e Caseara (TO) fazem parte do programa Caixa Florestas, e são financiadas pelo Fundo Socioambiental CAIXA.

Mapeamento e Validação em curso em fevereiro

By CAIXA

Em fevereiro, foram realizados os mapas de validação de 2 propriedades parceiras, em um total de 8,46 ha.

Também foram realizadas as demandas abaixo:

  • Revisão e padronização das propriedades BJF230030 a BJF230068 disponibilizadas na nuvem
  • Processamento e testes de imagens – Landsat 8/9 (30m)
  • Conferência e backup de banco de dados
  • Transição de banco de dados (no atual havia somente o material final de cada análise. Agora disponibilizamos o material original e todo o caminho percorrido até a produção de um produto final como um mapa, por exemplo)
  • Mapas Campo – BJF210047 (revalidação)

O conjunto de documentos de análise pré validação resultante para cada propriedade é encaminhado pela analista de geoprocessamento para a coordenadora de parcerias rurais e, após autorização do proprietário rural, segue para a etapa de validação presencial de áreas degradadas, processo realizado pelo analista de restauração.

A analista de restauração emite então os relatórios de pós validação e, a partir desta etapa, o processo retorna para as próximas etapas da articulação, até a assinatura de parceria. Com o Termo de Adesão assinado, o processo retornará para a equipe de restauração (analistas de geoprocessamento e restauração, coordenador técnico e coordenador de campo) e será elaborado o PRADA (Projeto de Recuperação de Áreas Degradadas e Alteradas) das propriedades e assentamentos parceiros.

A METODOLOGIA

  • As atividades desta etapa, conduzida no início do processo de preparação de áreas degradadas para restauração, são realizadas pela analista de geoprocessamento e pelo analista de restauração, e tem como objetivo mapear previamente o tamanho do passivo ambiental e verificar a elegibilidade da propriedade abordada pela equipe de parcerias rurais para confirmar os critérios de participação no projeto. O mapeamento também permite detectar previamente a fitofisionomia original presente em cada local.
  • Os códigos de inscrição no CAR obtidos pela equipe de parcerias rurais são repassados à nossa analista de geoprocessamento que, por meio de imagens orbitais de diferentes fontes e composições espectrais, checa as informações declaradas pelo proprietário, comparando com a realidade mostrada na imagem. As áreas são vetorizadas novamente e reunidas em um novo arquivo. As inconsistências e resultados são apontadas em relatório que é apresentado ao proprietário rural.
  • A análise em campo, realizada pelo analista de restauração, confirmará o que foi mapeado especificamente quanto às áreas passiveis de restauração. Ele percorre as áreas mapeadas munidos de câmera fotográfica e GPS, em veículo próprio. Tem como objetivo verificar se o tamanho da área mapeada corresponde à realidade, o nível de degradação da área (se há erosão, gramíneas exóticas invasoras, presença de regeneração natural, solo exposto/compactado, lixo, etc.), eventuais obstáculos à restauração (acessos, rochas, concreções, animais de criação, etc.), facilidade de mecanização (de modo a auxiliar na escolha metodológica) e principais espécies observadas. São coletadas amostras de solo de modo a verificar a textura e a fertilidade. Com a análise do solo, das características locais e das espécies, tem-se a fitofisionomia original finalmente determinada. É um marco importante para planejar e iniciar o processo de restauração ecológica. Este processo leva de uma a duas semanas, a depender do tamanho das áreas.

Na divisão de tarefas da equipe, o trabalho cotidiano da analista de geoprocessamento é mapear, organizar e analisar as informações pré-validação. Depois são feitas análises como por exemplo recursos hídricos, comparação / diferença entre 2008 e hoje.

O processo de análise para cada propriedade gera um compilado de documentos, a saber:

  • Mapas, shapefiles
  • Estudo do CAR (Relatório)
  • Pasta de Validação: Subpastas pré validação (dados que serão encontrados em campo) e pós validação (dados que foram encontrados em campo, planilha remodulada com dados “reais”)

Total da Meta 2.1 alcançado: 54,46% (Reprogramação 2)

As ações de mobilização comunitária, restauração e manutenção de áreas degradadas na região de Santana do Araguaia (PA) e Caseara (TO) fazem parte do programa Caixa Florestas, e são financiadas pelo Fundo Socioambiental CAIXA.

Black Jaguar & Orquestra Sweelinck: concerto beneficente para o planeta

By News Home

Nos início do mês, nós tivemos a oportunidade de realizar, junto com a Orquestra J.Pzn Sweelinck UvA (Universidade de Amsterdã), um concerto beneficente para arrecadar fundos para o Corredor de Biodiversidade do Araguaia.

Na ocasião, nosso iniciador, Ben Valks, apresentou a Black Jaguar e, após o concerto, confraternizou com todos os apoiadores presentes. Foi uma excelente noite junto a parceiros, familiares, amigos e potenciais parceiros.

Queremos aproveitar para compartilhar algumas imagens do evento e agradecer a todos vocês pelo apoio contínuo. Juntos estamos realizando um dos maiores projetos de restauração ecológica da Terra e um mundo melhor para as gerações futuras!

Quer fazer parte de um dos maiores projetos de restauração ecológica do planeta?Junte-se aos Primeiros 600 clicando AQUI.

British School Brasília é o mais novo parceiro da Black Jaguar

By News Home

Queremos apresentar a British School Brasília, o mais recente parceiro da Black Jaguar! Todos os anos, a escola escolhe uma organização sem fins lucrativos para conhecer e apoiar a causa.  E neste ano, os alunos da instituição escolheram a Black Jaguar Foundation!

Por ser uma escola no Brasil, os alunos e professores têm consciência da importância da preservação da Floresta Amazônica e do Cerrado para todo o mundo. Neste ano, a British School planeja criar mais oportunidades de arrecadação para apoiar ainda mais a Black Jaguar Foundation.

Para celebrar a doação, nosso iniciador, Ben Valks, preparou um vídeo de agradecimento. Confira:

Sobre a British School Brasília

Como parte da The British Schools Foundation, uma das principais fundações educacionais do mundo, a British School Brasília oferece uma das melhores experiências escolares da cidade. Fundada em 2016, a escola cresceu exponencialmente e agora oferece educação de primeira linha para alunos dos anos iniciais (Ensino Infantil), Fundamental I e II e Médio em nosso campus no Lago Sul.

Quer fazer parte de um dos maiores projetos de restauração ecológica do planeta?Junte-se aos Primeiros 600 clicando AQUI.

De Heus Nutrição Animal visita corredor e fortalece parceria junto aos produtores rurais

By News Home

No mês passado, Rinus Donkers, diretor LATAM da De Heus e parceiro de longa-data da Black Jaguar, visitou o Corredor de Biodiversidade do Araguaia e teve a oportunidade ver de perto o impacto da preservação ambiental e os resultados dos esforços conjuntos entre De Heus, Black Jaguar Foundation e os produtores locais!

Na primeira visita ao projeto, Rinus Donkers destacou a importância da construção de uma relação de confiança entre a Black Jaguar Foundation, as comunidades locais, os proprietários rurais e os membros da Ressemear (Rede de Sementes do Araguaia). “Durante a confraternização, organizada pela Black Jaguar para nos apresentar aos produtores e às autoridades governamentais da região, ficou evidente que é possível conciliar a produção com a preservação e isso nos surpreende de forma positiva, afinal, o que estamos fazendo juntos é deixar um legado para as gerações futuras, tornando possível alcançar um modelo de produção mais sustentável. Foi gratificante testemunhar o progresso alcançado e o potencial dessa parceria entre a Black Jaguar, a De Heus e os produtores, que provou ser benéfica para todos os envolvidos!”, declarou.

Ao visitar as áreas de restauração, Rinus ressaltou que “até mesmo os produtores mais céticos agora apoiam a organização e estão abertos para receber pessoas para mostrar isso. É realmente impressionante ver como as APPs reflorestadas há cerca um ano e meio até quatro anos conseguiram se transformar em florestas reais, com uma biodiversidade de pelo menos trinta a setenta espécies diferentes”.

Além das áreas de restauração, também fomos ao viveiro de mudas da Black Jaguar e conversamos com membros da Ressemear, iniciativas diretamente apoiadas pela De Heus.

E para concluir a visita, aproveitamos para trocar experiências e confraternizar com os proprietários rurais parceiros do projeto.

Quer fazer parte de um dos maiores projetos de restauração ecológica do planeta?Junte-se aos Primeiros 600 clicando AQUI.

Dia Mundial da Água: a importância da preservação das nascentes

By News Home

Dia 22 de março é celebrado o Dia Mundial da Água! E neste ano, queremos ressaltar a importância da preservação das nascentes para o equilíbrio dos ecossistemas aquáticos e conservação da biodiversidade e dos recursos naturais – bem como para o desenvolvimento sustentável e qualidade de vida das comunidades que dependem dessas fontes de água.

A água é um recurso fundamental para a vida, tanto para os seres humanos quanto para os ecossistemas. A preservação das nascentes é crucial para garantir o abastecimento de água potável, além de manter o equilíbrio dos ecossistemas aquáticos.

Por conta disso, buscar forma de preservar essas nascentes é tão importante. Pequenas ações, como evitar o desmatamento em áreas próximas às nascentes, promover a recuperação de matas ciliares e adotar práticas sustentáveis de uso da água podem fazer uma grande diferença.

Com esse propósito, Black Jaguar Foundation desenvolve ações que promovem a restauração ecológica, proporcionando assim a conservação de cursos hídricos e suas respectivas nascentes.

Confira nas imagens abaixo, uma pequena nascente que foi identificada em trabalho de validação em campo pelo nosso analista de validação, Matheus Fonseca, e que em breve terá o seu entorno restaurado:

Matheus Fonseca também preparou um conteúdo diretamente de uma de nossas propriedades rurais parceiras para mostrar como atitudes simples são capazes de preservar as nascentes e garantir um ecossistema saudável:

Quer fazer parte de um dos maiores projetos de restauração ecológica do planeta?Junte-se aos Primeiros 600 clicando AQUI.

Laís D’Isep, analista de produção de sementes da BJF, é destaque na campanha #SheRestors da Restor.eco!

By News Home

No Dia Internacional da Mulher, a Restor.eco promoveu uma campanha para divulgar histórias de mulheres que se dedicam à conservação e à restauração da natureza – e adivinha? Laís D’Isep, nossa analista de produção de sementes e responsável pela mobilização da Ressemear (Rede de Sementes do Araguaia), foi um dos destaques na categoria de liderança comunitária!

Dentre mais de 18 mil histórias que fazem parte da Comunidade Restor, existem inúmeras mulheres brilhantes e resilientes que dedicam seus dias a promover um impacto positivo à natureza e às populações locais.

Diante de tantos exemplos inspiradores, estamos orgulhosos de que o trabalho de Laís na liderança da Ressemear foi um dos cinco destaques selecionados para compor a campanha #SheRestors. E é uma ótima oportunidade para que mais pessoas conheçam essa iniciativa que gera renda e trabalho às comunidades locais da região do Araguaia.

Quer fazer parte de um dos maiores projetos de restauração ecológica do planeta?Junte-se aos Primeiros 600 clicando AQUI.

Atividades realizadas em janeiro pela equipe de RH da Black Jaguar

By CAIXA

O mês de janeiro foi marcado por diversas atividades importantes, como a entrega de cestas básicas, a manutenção da restauração ecológica e a conscientização em saúde e segurança do trabalho.

Além disso, a equipe de RH e SST deu suporte às atividades de manutenção da restauração ecológica nos municípios de Caseara (TO) e Santana do Araguaia (PA). As atividades realizadas foram:

  • Capina química (aplicação de herbicida);
  • Roçagem semimecanizada;
  • Abertura de faixas;
  • Verificação das áreas;
  • Coroamento manual;
  • Retirada de cipós.

As atividades de implantação da restauração ecológica no município de Santana do Araguaia (PA) estão previstas para o período chuvoso (outubro a março), que neste ano foi influenciado pelo El Niño, tornando as chuvas irregulares. O alto índice de chuvas em janeiro impactou negativamente por exemplo na atividade de controle de formigas, pois as iscas formicidas não podem molhar. A equipe está atenta e buscando soluções alternativas para mitigar esse impacto.

A equipe de RH e SST também promoveu palestras e ações de conscientização sobre saúde e segurança no trabalho em campo, com o objetivo de prevenir acidentes e garantir o bem-estar dos colaboradores. E está comprometida em continuar atuando de forma proativa para garantir o bem-estar dos colaboradores e o sucesso dos projetos da Black Jaguar.

Total da Atividade 2.2.2 alcançado: 35,71% (Reprogramação 2)

As ações de mobilização comunitária, restauração e manutenção de áreas degradadas na região de Santana do Araguaia (PA) e Caseara (TO) fazem parte do programa Caixa Florestas, e são financiadas pelo Fundo Socioambiental CAIXA.