GET INVOLVED
Category

News Home

BJF lead panel at the Brazilian Conference on Climate Change

By | News Home

The CBMC – Brazilian Conference on Climate Change – is an annual meeting, the first of which convened in early November this year, bringing together non-governmental organisations, social movements, governments, the scientific community and the Brazilian private and public sector for three days of dialogue and proposals surrounding the implementation of the Brazilian NDC, the Paris Agreement and the 2030 agenda. A landmark event representing the collective action taking place in Brazil to tackle climate change.

The Black Jaguar Foundation had the honour of being invited to participate in the event as a partner organisation. Marina Tavares (BJF) and Dimitrio Schievenin (BJF) lead the panel “Restoration and Recovering of Degraded Areas: Commitments and Opportunities for Brazil”, together with Severino Ribeiro (CEPAN and Atlantic Forest Restoration Pact) and Jeferson Straatmann (ISA – Socio-Environmental Institute). Our project coordinator, Dimitrio Schievenin, was also invited to the WWF panel, “Barriers and Opportunities for NDC Implementation in the Farming Sector – A Focus on Restoring Degraded Areas in the Brazilian Cerrado.”. Here we shared the learnings so far from our pilot project in Santana do Araguaia (PA) and Caseara (TO), an area viewed to be the transition point between the Cerrado and Amazon biomes.

The outcome of this conference was the Recife Declaration. The Black Jaguar Foundation are one of numerous institutions, NGOs, companies and public agencies that have signed this agreement, committing to stand against climate change and work collectively towards a greener, more sustainable future. With our mission to restore more than 1 million hectares of the Amazon and Brazilian Cerrado along the Araguaia River, we are very proud to contribute directly to the Brazilian restoration target of 12 million hectares by 2030, the figure agreed upon in the Paris Agreement.

 

You too can show your support for climate action in Brazil and sign the Recife Declaration https://www.climabrasil.org.br/assinatura

BJF Demonstration unit open for environmental education

By | News Home

During the current rainy season, the BJF field team is implementing a Restoration Demonstration Unit (RDU), located in the Farm of the Future, in the heart of the Araguaia Biodiversity Corridor! Our team first prepared the area for restoration by removing all invasive grasses and plants, placing a fence and starting to plant the first seedlings. This RDU will be fully restored using three different techniques: seedling planting, with legume plants between the seedlings; dense seedling planting; and direct seeding, mixing tree species and legume plants.

The aim is for this 1,3 hectare restoration site to become a reference for other landowners that wish to partner with the BJF to restore their land, allowing them to see the process in action. The RDU will also be used as a site for local environmental education! When the restoration process is complete, pathways and sign boards will be created within the RDU, so people can walk around, explore and find out more information about ecological restoration. Local schools will also visit the site so children can come and learn more about the environment and why we need to restore and maintain these important areas. 

The BJF Team along with researchers from the Green Capital Study, visiting the Restoration Demonstration Unit (RDU), November 2019.

BJF Governance project begins!

By | News Home

This year has seen many exciting developments which have propelled us into the next stages of our project, and as we grow, so must our structures. The BJF is therefore proud to have been awarded a Corporate Governance project by Vieira Rezende, a renowned Brazilian law firm. 

Vieira Rezende’s talented attorneys are currently working pro-bono in order to help us create compliance policies and set up a Brazilian advisory board. This board will be formed from renowned professionals from finance, forest restoration, third sector, impact business, environmental legislation and Agribusiness to help guide us in our future endeavours. The Brazilian Corporate Governance project will help bring even more transparency and trust to our partners and donors, as well as being a fundamental step towards broadening our Brazilian community! This is a crucial next step in the development of the BJF, helping to prepare us for the next, exciting phases of our immense task. 

Greenfinity Foundation gets involved

By | News Home

We are excited to announce our new partnership with Greenfinity Foundation. From Austria, this charitable organisation is committed to the protection of the environment, actively supporting initiatives that promote awareness and secure the preservation of natural habitats. Looking to promote innovation in the face of climate change and environmental degradation, the range of projects Greenfinity support is extensive, however they are all deeply rooted in mutual social and environmental development.

At the Black Jaguar Foundation we look to partner with organisations whose outlook aligns with our own, Greenfinity share our optimism and vision of working together for a greener future, their motto: “Together for our world. A future together.” Their ultimate goal is to create a world in which practices for the conservation, protection and restoration of our environment become a natural part of everyday life.

As one of Greenfinity’s chosen organisations, the Black Jaguar Foundation is extremely honoured to be working with this new partner and receive support that will be vital in the next stages of our project. The funding provided by Greenfinity will be used directly by our BJF Brazil Team to implement our second pilot phase, the planting of 1 million trees, part of which will become the Greenfinity forest!

As 2019 comes to a close and planting season commences in Brazil, we want to thank Greenfinity Foundation for the important role they have played in the planting of this next, much larger quantity of trees and we look forward to working with them in the coming year.

Read more about how Greenfinity Foundation support the BJF here.

Aufforstungsprojekt Greenfinity Forest zur Rettung des Amazonas-Regenwaldes

Die Abholzung der Regenwälder hat erschreckende Ausmaße angenommen: Etwa 60.000 Quadratkilometer der tropischen Regenwälder werden jährlich zerstört. Damit schwinden auch unsere CO2-Speicher, was die globale Erwärmung vorantreibt. Zusammen mit der Black Jaguar Foundation hat die Greenfinity Foundation ein Aufforstungsprojekt in Brasilien gestartet, das helfen soll, einen Teil des CO2-Ausstoßs zu kompensieren.

BJF heroes: Floris and Natascha Wouterson

By | News Home

Once again the support we receive from our loyal army of partners, donors and friends is inspiring! This month we want to put the spotlight on Floris and Natascha Wouterson who have been with us since the start of our journey. On top of being committed sponsors themselves, they have also been planting fundraising seeds for us for many years now, spreading the story and the mission of the Black Jaguar Foundation far and wide. Thanks to these efforts the BJF now has an amazing community of German sponsors, to whom we also would like to thank for coming on this exciting journey with us! 

As the owners of Sleepwise, Floris and Natascha have their own mission, to help people sleep better. Since the success of their two stores, Floris has delved further into the world of sleep, becoming the first sleep performance coach in Europe. In this role he provides, coaching and techniques on how to maximise your sleep and has now published the book, ‘Super Sleeper’, containing everything you need to know to rest well. Helping the world one nights sleep at a time. 

After learning of our project in 2012, there was no hesitation, they would support us. The Wouterson family are true believers in what we are trying to achieve, in a recent update meeting Floris said ‘we are a team, I am just one small part’, a mentality we share! With each team member, sponsor, partner playing their respective role, we are capable of truly changing our planets prognosis. 

Thank you Floris and Natascha for all your energy, your inspiring drive and your dedication!

Watch their video testimonial to discover why they support the BJF!

NOVO ESCRITÓRIO DA BJF EM SÃO PAULO ABERTO

By | News Home

A BJF tem um novo lar! Nosso pequeno, porém, bonito e selvagem novo escritório, localizado no coração de São Paulo, agora está aberto para negócios. O escritório serve como um espaço ideal para que nossa equipe brasileira em expansão trabalhe em conjunto, realize reuniões e torne nossa missão uma realidade. Um grande obrigado à proprietária Adriana Caccuri, que patrocina a BJF por meio de ótimo desconto no aluguel e muitos benefícios para esse escritório! (Tradução feita voluntariamente por Daniele)

CONHEÇA MARINA: NOSSA NOVA COORDENADORA DE PARCERIAS

By | News Home

Nossa nova integrante da equipe, Marina Tavares, está pronta para continuar construindo um futuro brilhante para a Black Jaguar Foundation! Marina é uma goiana que passou boa parte de sua infância explorando o rio Araguaia com sua família. Ela tem uma conexão muito especial com a área, portanto está muito dedicada a restaurá-la. Após se formar na FGV e trabalhar por anos no setor privado, predominantemente em marketing para grandes empresas (como a Nestlé), ela decidiu que era hora de começar a retribuir ao mundo. Durante sua mudança de carreira, ela teve a oportunidade de fazer um curso de pós-graduação em Gestão da Inovação Social no Instituto Amani. Isso a levou a iniciar seu próprio projeto, Se Joga na Horta, que tem como foco principal o envolvimento dos adolescentes com a agrossilvicultura e a jardinagem.

Marina está substituindo Francisco Macedo, que foi aceito no Mestrado em Gestão Sustentável de Florestas e Natureza, oferecido pela União Europeia, com uma bolsa de estudos completa que cobre os custos do curso e suas despesas. Trata-se de um programa de duplo diploma em que ele estudará por um ano na Universidade de Copenhague e outro na Universidade de Pádua, fazendo um curso de verão em uma universidade parceira e concluindo sua tese de pesquisa no Canadá, Chile, África do Sul ou Austrália. Francisco diz estar muito agradecido por essa oportunidade, pois está convencido de que o mestrado fornecerá o conhecimento necessário para apoiar melhor a Black Jaguar Foundation em sua missão de realização do Corredor da Biodiversidade do Araguaia.

Inovação e relações humanas são as principais habilidades que Marina usará para promover parcerias incríveis para a BJF no Brasil. Estamos muito felizes por ter uma nova integrante tão experiente a bordo! (Tradução feita voluntariamente por Kathleen Yumi Shigeno)

BJF VENCE COMPETIÇÃO PARA SE TORNAR A INSTITUIÇÃO DE CARIDADE PREFERIDA DA FCB!

By | News Home

Temos muito orgulho de anunciar que a BJF conquistou o 1° lugar na iniciativa “For Good” (“Pelo Bem”) da FCB Amsterdã! A FCB é um ator global: uma agência de publicidade de reconhecimento internacional com 120 escritórios em mais de 80 países pelo mundo. A filial de Amsterdã decidiu apoiar a BJF como sua organização de escolha, doando mais de 150 horas de tempo profissional a nós. Essas horas doadas podem ser utilizadas para estratégia, tempo de estúdio e criação, assim como gestão de projetos e contabilidade.

Das três instituições de caridade “pré-selecionadas”, a BJF conseguiu 49% dos votos totais, colocando-nos claramente na vanguarda das demais. Para nós, é incrível ver como corporações multinacionais estão começando a acreditar independentemente na importância da nossa missão e a doar horas de energia profissional e tempo para nossa causa.

Você tem outras iniciativas semelhantes no trabalho que gostaria de apresentar à BJF? Adoraríamos conhecê-las! Não hesite em nos contatar pelo email info@black-jaguar.org (Tradução feita voluntariamente por Pedro)

BJF na conferência de sementes do Xingu

By | News Home

O nosso Coordenador de Campo não está apenas cuidado dos viveiros, atendendo fazendas e gerando relatórios, ele também está interagindo com outras organizações dedicadas ao replantio e restauração da natureza. No final de setembro, após um convite feito pelo ISA (Instituto Socioambiental) à BJF, Carlos Eduardo compareceu à visita de campo da Rede de Sementes do Xingu de 2018. Foi uma expedição de quatro dias em Canarana (Mato Grosso) com foco na restauração ecológica guiada pela Rede de Sementes do Xingu.

Ele aprendeu bastante a respeito da técnica de restauração florestal conhecida como muvuca, onde milhares de sementes nativas, coletadas de áreas preservadas, são combinadas e semeadas sobre uma terra degrada em vez de serem plantadas individualmente. Esta técnica pode ser usada com 214 espécies de sementes e tem o potencial para semear por volta de 6.000 árvores por hectare após três anos – melhorando drasticamente a densidade da reflorestação. Foi promissor também descobrir que essa técnica tem potencial de ser usada no Cerrado, bem como na Amazônia.

Durante a conferência ele também foi instruído sobre a importância de estabelecer uma rede de sementes, com o intuito de envolver a comunidade local no processo de reflorestamento. Uma rede de sementes pode promover a cooperação entre as comunidades locais, poderes públicos e fazendeiros, para que todos trabalhem na recuperação da terra que pertence a eles. Isto gera ganhos para o povo local e pode ter um impacto social positivo para aqueles que vivem ao redor das iniciativas de restauração.

Eduardo ficou muito feliz de promover nossa missão na conferência e aprender mais sobre como fazer do nosso Corredor uma realidade! (Tradução feita voluntariamente por Arthur Reis)

A BJF em apoio aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU

By | News Home

“Diversidade biológica é mais do que plantas, animais e seus ecossistemas – é sobre pessoas e suas necessidades por segurança alimentar, remédios, ar fresco, água, abrigo e um ambiente limpo e saudável para viver.” – Convenção da ONU sobre Biodiversidade.

Do plâncton nos nossos oceanos às onças espreitando entre as florestas, a biodiversidade é a totalidade variada e distinta de todas as formas de vida na Terra. Para qualquer ecossistema se manter saudável e vivo, deve-se cuidar da biodiversidade. Isto porque diferentes espécies desempenham diferentes atividades dentro do ecossistema, e é a culminação de todas essas tarefas que mantém o ecossistema vivo e funcionando. Assim como uma multinacional não funcionaria sem a combinação de CEOs, gestores e funcionários, um ecossistema não consegue sobreviver sem o mix sinergético de predadores e caças, herbívoros e onívoros, flora e fauna.

Ecossistemas saudáveis nos fornecem produtos naturais e serviços vitais necessários para a sobrevivência humana. Por exemplo, florestas tropicais nos fornecem água limpa, oxigênio, comida e remédios. A Amazônia e o Cerrado sozinhos, os quais o nosso Corredor visa restaurar, produzem 20% do oxigênio, 30% da água limpa do mundo e 25% dos ingredientes de toda a medicina moderna.

Esses serviços e recursos críticos são necessários para o nosso desenvolvimento global e contribuem para os dezessete objetivos do desenvolvimento sustentável da Organização das Nações Unidas (veja abaixo). Esses objetivos foram traçados pela assembléia geral das Nações Unidas em 2015, e são as dezessete iniciativas-chave que precisam ser mantidas se quisermos transformar o nosso mundo e começarmos a nos desenvolver sustentavelmente, assegurando nossa sobrevivência como espécie. Alguns exemplos dessas metas são: erradicar a pobreza, abolir a insegurança alimentar, manter a fonte de água limpa e o saneamento a todos no mundo. Saiba mais sobre as metas de desenvolvimento sustentável e como a missão da BJF promoverá cada um desses itens aqui.

Subsequentemente, a biodiversidade é uma fonte de grande importância para o benefício público, pois ela permite diretamente que nós alcancemos estes objetivos. Atualmente, estamos vivemos uma “década de biodiversidade” declarada pela ONU. Isto começou em 2011, após as Nações Unidas reconhecerem o quão crucial é a biodiversidade para a vivência da espécie humana e suas futuras gerações.

Como o projeto da BJF promove a biodiversidade? Temos investido uma expressiva porção do nosso tempo e recursos na garantia de que temos os melhores parceiros técnicos, engenheiros florestais e times no Brasil para promover a biodiversidade no Corredor. Nosso objetivo não é apenas reflorestar, mas, também, restaurar ecologicamente o Araguaia. Com cada hectare de terra, queremos metodicamente mapear a área e plantar uma grande quantidade de diferentes tipos de sementes, trazendo de volta a rica e a variada expansão da natureza que um dia reinou.

 

 

Você quer nos ajudar a alcançarmos nosso objetivo? Então faça parte e descubra a arte de fazer a diferença. (Tradução feita voluntariamente por Arthur Reis)

Top